Manteiga é a nova campeã da Família Viçosa

Concurso Nacional de Produtos Lácteos elege a manteiga Viçosa como a melhor do país e, com mais um pódio, aumenta a galeria do doce de leite Viçosa como “O mais premiado do Brasil”.

A premiação da 43ª edição do Concurso Nacional de Produtos Lácteos foi entregue no encerramento do Minas Láctea 2017, nessa quinta, 20 de julho, no Expominas de Juiz de Fora. O julgamento dos produtos, com avaliações em testes cegos, foi realizado no laboratório da EPAMIG – Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), que nesta edição, conferiu premiação dupla para o Laticínio Funarbe – Produtos Viçosa.

Pela primeira vez a manteiga Viçosa alcançou o lugar mais alto do pódio e ficou em primeiro lugar na categoria Manteiga de Primeira Qualidade. O doce de leite Viçosa ficou com a terceira colocação na categoria Doce de Leite Pastoso, mantendo o retrospecto de sempre ser premiado desde a sua primeira participação no CNPL, em 2000, e ampliando o título de “o doce de leite mais premiado do Brasil”. O Concurso é o mais tradicional do setor no país e uma vitrine para o mercado, tornando-se uma grande honraria para todos os premiados.

O 43º Concurso Nacional de Produtos Lácteos aconteceu durante a 38ª Semana do Laticinista em conjunto com Exposição de Produtos Lácteos, que ofereceram aos participantes uma programação diversificada composta também por minicursos, palestras e painel de oportunidades. A eleição do Concurso conta com a avaliação feita por profissionais de universidades, indústrias e dos serviços de inspeção federal, estadual e municipal que atribuem pontuação aos concorrentes em “teste cego”, quando apenas os produtos em si são avaliados, sem o conhecimento prévio das marcas. Durante o processo são julgados aspectos como cor, textura, odor, aroma, sabor e consistência. Foram avaliadas 11 categorias de produtos derivados do leite com participação de indústrias laticinistas de diversos estados do Brasil.

Produzido pelo Laticínio Funarbe com o apoio da UFV (Universidade Federal de Viçosa), a manteiga Viçosa e o doce de leite Viçosa alcançaram suas conquistas após o crivo do corpo de júri. Segundo Aristides Fialho Dias, Gerente Administrativo do Laticínio Funarbe, “As premiações são sempre uma grande honra e uma alegria por demonstrar que atingimos nosso objetivo de estar entre os melhores. A acirrada concorrência no Concurso demonstra a evolução dos produtos lácteos em direção à qualidade. E isso é ótimo para manter a busca de todos pelo alto padrão, quem ganha com isso são os nossos consumidores. De acordo com a supervisora financeira e comercial do Laticínio, Eliane Rodrigues do Vale, “estar no pódio traz credibilidade e aumenta o nosso compromisso com o consumidor. O mesmo produto que vai para o julgamento está nas prateleiras de diversos estados brasileiros”. Além das conquistas desta edição, o doce de leite Viçosa venceu o concurso em nove ocasiões e o requeijão cremoso venceu em duas.

 

Manteiga Viçosa

A produção da manteiga iniciou-se com a necessidade de desnatar o leite beneficiado, ainda no princípio da atuação da Usina Piloto, durante os anos 1970. A Manteiga de Primeira Qualidade é comercializada em potes de 200g, produzida dentro dos mais altos padrões de higiene, com adição de sal. Do período até os dias atuais, a manteiga passou por reformulações na embalagem e também passou a ser vendida em potes de 500g. Todo o processo de industrialização é realizado de modo automatizado, o que garante sabor inigualável e consistência homogênea ao produto.

 

Doce de leite Viçosa

Produzido desde 1980 com padrão de excelência em todas as etapas produtivas, o Doce de Leite Viçosa utiliza matéria-prima de primeira qualidade, mão de obra qualificada e todo o apoio técnico-científico disponibilizado por pesquisas da UFV. O Doce utiliza o mínimo de conservantes, sem adicionar misturas que comprometam a sua pureza (como amido e glicose de milho) e pode ser encontrado nas versões tradicional, com coco e com chocolate, em embalagens de 400g, 800g e 4,8Kg.